Google+ Seguidores

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Plantas medicinais: erva-santa-maria

Olha só como é a erva-santa-maria:


Esta planta, que tem poderes milagrosos (assim pensa a minha família), é muitas vezes confundida com um mato sem valor. Mas, não vamos mais nos confundir, pois agora sabemos como ela é. 

Pequeno relato sobre um acontecido envolvendo a erva-santa-maria:

Um vizinho veio aqui em nosso quintal outro dia e perguntou se tinha erva-santa-maria, pois estava fazendo uso para sarar umas manchas roxas em seu braço, provocadas por contusão. Andamos pelo quintal e ele achou um pezinho, mas... ele não teve cuidado e arrancou o pé inteiro pela raiz. 

Ficamos tristes...

Continuamos andando e parecia que só havia aquele pé. Mas, para a nossa surpresa encontramos esse outro pezinho que você vê nas fotos, e bem mais fortinho que o outro. O vizinho foi em sua direção, mas imediatamente minha irmã foi à frente dele, tirou umas folhinhas e entregou em suas mãos. Ufa! Ele olhou para ela e parecia querer mais, mas ... vamos deixar o pezinho ficar mais fortinho e crescer mais para só depois retirar mais folhinhas, né vizinho?!


A erva-santa-maria é cicatrizante, anti-inflamatório, ativador de circulação, acelera a regeneração muscular e reduz as manchas roxas (provocadas por contusões).
Planta também conhecida como mastruz ou mentruz, a erva-santa-maria (Chenopodium sp.) é pertencente à família amaranthaceae ou chenopodiaceae, mesma do espinafre. Para alguns, essa planta de cheiro forte e inconfundível é apenas uma planta invasora, mas para outros essa espécie tem características medicinais importantes. É utilizada para fins cicatrizantes, através da maceração das folhas junto com sal e aplicada no local da ferida. Também se adicionada ao leite tem ações anti-helmínticas(combate aos vermes).  

3 comentários:

  1. alguem me envia, sementes de neen, moringa?
    obrigada!
    estou em S.P.

    ResponderExcluir
  2. Sempre que cultivo sai com muitas sementes e poucas folhas, eu desejaria o contrário, por favor, o que fazer?

    ResponderExcluir