Google+ Seguidores

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Berçário para as plantas

Alguns tipos de sementes necessitam ser plantadas em saquinhos/caixinhas antes de serem transferidas definitivamente ao chão. Cuidado necessário para que se saiba o que se plantou e se vigie a contento o seu desenvolvimento. Às vezes são tantas as mudinhas que falta espaço ao longo do quintal. A solução seria a de construir um local para colocá-las. 

Essa postagem mostra isso: a partir de ripas 
(como estas de proteção de mercadorias, que se encontra pelas ruas) 
é bem possível construir um lindo berçário para as suas mudinhas: 






Berçário construído por nós (por mim e o meu parceiro de obras: Pedro Ivo, meu sobrinho de quase 6 anos). Ficou lindo, não?! Comecei eu apenas, depois ele chegou e perguntou: "Quer ajuda aí Mi (é assim que ele me chama)?" E assim, em uma metade de um dia, serramos, tiramos pregos que já estavam na madeira, medimos, martelamos... e tudo foi muito gostoso de fazer... juntos (às vezes nos desentendíamos...rsr... pois ele achava que estava trabalhando mais que eu!..rsr... mas depois, ao vermos o resultado, sorrimos juntos). Foi bom... 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Ilustres visitas!

E sem mais nem menos eles e elas chegaram, 
fincaram pé na espirradeira (ou laura rosa), 
passearam pelas folhas, 
comeram, 
cagaram, 
namoraram 
(nossa, como namoraram - eu os observava todos os dias!) 
e depois... 
sem mais nem menos... 
sumiram... 
Certamente foram seguir sua plenitude natural - vida de besouro.












quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Graviola: o que seria o primeiro fruto

Veja como está o pé de graviola:


Cresceu, está sadio e disposto. 
Todos os dias olhamos para ele. Procuramos frutos.
As flores vêm, sim, mas caem antes de se desenvolverem em fruto.
Mas...
Há mais ou menos duas semanas um desses desenvolvimentos 
(não sei como nomeá-lo aqui, mas é algo cujo crescimento vem logo depois a flor) chamou-me a atenção. 
Ele estava de fato indo para frente. 
Mas...
depois de uma chuva muito forte caiu...




Ficamos tristes...
O que seria o primogênito fruto de nosso pé de graviola caiu.
:( _ _

Depois fiquei pensando sobre esse ocorrido...
Nós nos assemelhamos tanto à natureza...
A sociedade nos cobra frutos constantemente. 
E damos? Sim, e às vezes até fora de nosso tempo de maturidade....
E às vezes também nos cansamos de dar frutos só por que a sociedade nos olha a cobrar, 
e aí mostramos a nós mesmos que estamos maduros de fato.