Google+ Seguidores

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Nosso pé de laranjinha (ou 'laranja de ouro" ou "kinkan")

Vejam como está carragadinho o nosso pé de larajinha:


A imagem acima é bem anterior a estas abaixo, que já mostram as laranjinhas amadurecendo:



São comestíveis, inclusive a casca. 


O suco desta pequena frutinha fica cremoso, diferente do suco feito com laranja comum. 




Para mais informações sobre esta preciosa frutinha, leiam a matéria:  
08/10/2007 - 13h14

Kinkan é "laranja de ouro" vinda da Ásia

IARA BIDERMAN
Colaboração para a Folha


Em tempos de culinária globalizada, tudo é possível. Até um chef francês utilizar uma fruta asiática para dar um toque brasileiro a um prato típico da gastronomia francesa.
A receita é confit de pato, ao qual Steven Kerlo, chef do restaurante Mercearia do Francês, em São Paulo, acrescentou o molho de laranjinha kinkan.
"Pato com laranja é um clássico na França. Usei a kinkan para transformá-lo de acordo com as influências gastronômicas que recebi no Brasil", diz Kerlo. Mas kinkan não é uma fruta da China e do Japão? Sim, mas o chef só conheceu o ingrediente quando se mudou de Paris para São Paulo, há oito anos.
Maria do Carmo/Folha Imagem
Receita de confit de pato fica perfeita com molho de kinkan
Receita de confit de pato fica perfeita com molho de kinkan
A provável origem da fruta é a China, de onde se espalhou para outros países da Ásia, principalmente o Japão. "Kumquat" ou "chin kan", em chinês, e kinkan, em japonês, significam "laranja de ouro".
Mas não é exatamente uma laranja. Eduardo Stuchi, pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, explica que a espécie pertence ao gênero Fortunella, e não ao Citrus (que inclui laranjas e tangerinas, entre outras). A kinkan apresenta alguns diferenciais, como a menor quantidade de gomos, a casca mais fácil de digerir e a proporção entre teores de açúcar e grau de acidez.
Kerlo considera essas características muito interessantes para criações gastronômicas. "É possível usá-la em molhos ácidos, que equilibram o sabor de pratos com carnes gordurosas ou aves de caça. Como é colocada inteira, com casca e tudo, o efeito visual é bonito."
Acredita-se que a "laranja de ouro" chegou ao Brasil com a primeira leva de imigrantes japoneses. Mas os portugueses já conheciam a fruta na época do Brasil Colonial --há registros do século 17 em que missionários portugueses na China descrevem a fruta. Seja como for, é nas áreas onde os japoneses se estabeleceram que a kinkan é mais cultivada. No Brasil, as principais regiões produtoras ficam em São Paulo.
Degustar a kinkan em forma de caldas, molhos ou compotas é o mais comum no Brasil, acredita Marcio Seije, professor de gastronomia do Centro Universitário Senac. "Os japoneses a consomem mais in natura, com casca e tudo. No Japão, onde a maioria das frutas custa muito caro, a kinkan é barata e muito popular. Diz a lenda que é uma fruta que traz felicidade", conta Seije.
Além de felicidade, pode trazer saúde. A kinkan é rica em vitamina C (151 mg/100 g), cálcio (266 mg/100 g), potássio (995 mg/100 g) e boa fonte de vitamina A, fósforo e outros micronutrientes.


(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/comida/ult10005u334808.shtml)

5 comentários:

  1. Bom dia.. estou a procura dessa planta a muito tempo e só acho bonsai dela.. gostaria de saber se há a possibilidade de vc me enviar algumas sementes dela.. desde já agradeço a atenção...

    e-mail: maket31@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cordeiro. Já tentei fazer germinar sementes da laranjinha kinkan, mas elas não nasceram, acredito que por ser enxerto. Se mesmo assim, após esta informação, você desejar fazer tentativas de germinação, envio sementes para você. Diga-me aqui, em resposta, se ainda tem interesse.

      Hosamis.

      Excluir
  2. Ola, poderia me enviar as sementes também, já estou um bom tempo procurando na minha cidade e não acho

    e-mail: ederdutra@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, envie o seu endereço para meu e-mail.

      Excluir
  3. Olá. Você ainda tem, disponível, essa planta? Gostaria muito de ter algumas sementes para plantar. Testar em minha região que é no tocantins. Meu endereço é Rua manoel araujo reis, quadra 46,lote 16, numero 481, setor alto da boa vista, gurupi, tocantins. Cep 77425-290.
    Desde já agradeço a gentileza.

    ResponderExcluir